9 de março de 2020

FEIRA NACIONAL PROVA A FORÇA DA CULTURA DO VINIL EM CURITIBA


No último sábado (07), centenas de pessoas marcaram presença na décima-primeira edição da Feira Nacional Curitiba Vinil, realizada no centro da capital paranaense. A movimentação foi intensa durante todo o dia, com pessoas de todas as tribos e idades. “Aqui é a Feira Nacional do vinil, né???”, perguntou um garotinho que chegou com a mãe.

Foto: Danilo (Lúcidos Delírios)
O prato principal da feira foi o disco de vinil, ofertado em seus mais variados formatos, estilos e preços. Mas o visitante também pôde comprar CDs, DVDs, camisetas temáticas de qualidade, broches, adesivos, livros e outros colecionáveis, além de brechó, cafeteria com salgados e feijoada, cervejas, chopp e até tratamento de beleza gratuito em razão do Dia Internacional da Mulher. O bom papo e os registros para redes sociais foram uma constante durante todo o dia de evento.

Apesar da instabilidade que afeta a economia, o elevado número de vendas de LPs foi destacado pelos expositores. “A vantagem de se comprar em uma feira é que você não paga frete, confere o real estado do produto e ainda pode ganhar um desconto”, destacou Deyse Cristina, esposa de um dos vendedores. Foi o caso de um colecionador que comprou vasto material com o vendedor de CDs Dennys Amaral. A negociação envolveu mais de 70 títulos, raridades fora de catálogo em sua maioria, e que tiveram um preço final satisfatório para o colecionador. “Se for uma venda grande, dá pra fazer um preço bem bom”, comentou Dennys.

Alguns vendedores, que também são colecionadores, relataram que praticamente não conseguiram conferir o material colocado à venda pelos colegas em razão da intensidade do público: “Nem consegui garimpar com a rapaziada. Só correria” comentou o expositor Tiago Puppi.  Celso, proprietário da Ruído Camisetas e um dos integrantes da Curitiba Vinil (organizadora da feira) passou pela mesma situação: “Sinal de boas vendas”, afirmou.

A Travessa, galeria comercial do Green Center Office, novamente sediou a Feira Nacional, atendendo satisfatoriamente com espaço funcional para exposição e circulação, estacionamento anexo, seguranças, banheiros limpos e entradas por dois dos mais tradicionais endereços de Curitiba (Rua São Francisco e Rua 13 de Maio). A localização privilegiada viabilizou a chegada por vários meios (veículos próprios, aplicativos em geral, bicicleta, ônibus etc.).

Segundo Ronald Gel, organizador da feira, o foco para as próximas edições é um maior alcance da feira junto ao público. “A intenção é ampliar ainda mais”, relatou. Novidades para as próximas edições estão sendo estudadas: “Não dá pra parar”, finalizou.

Confiram as datas das próximas edições de 2020 (sujeitas a alterações):
12a edição - 06/06/2020
13a edição - 12/09/2020
14a edição - 05/12/2020

Mais informações para colecionadores e lista de espera para expositores:
Curitiba Vinil
https://www.facebook.com/Curitibavinil/
(41) 99131-7606


26 de fevereiro de 2020

11° FEIRA NACIONAL CURITIBA VINIL

Em menos de duas semanas teremos a primeira edição em 2020 da melhor feira de discos de vinil de Curitiba: vem aí a décima-primeira edição da Feira Nacional Curitiba Vinil.


A receita de sucesso é a mesma utilizada desde a primeira edição da feira organizada pela Curitiba Vinil (Mestre Ronald Gel e cia.), trazendo grandes expositores de vários estados, localização privilegiada e mix de produtos que vai além do Long Play (LP) e do Compact Disc (CD).

Se você aprecia a cultura musical e/ou procura por discos para sua coleção. esse é o evento pra você.

Não esqueça: é dia 07 de março. Prestigie.

Serviço:
XI Feira Nacional Curitiba Vinil
Data: 07 de Março de 2020 (Sábado)
Local: A Travessa  - Rua 13 de Maio, 439 (ou Rua São Francisco, 232) Centro
Horário: das 09 às 18 horas
Página Oficial: link
Entrada Gratuita

Save Your Money For a Vinyl Fair Day!


9 de janeiro de 2020

NOSTALGIA CURITIBANA: DOCTOR DISCO

Que saudades do tempo que tínhamos lojas de discos na cidade para comprar LPs ou CDs. Hoje, esses estabelecimentos são raras exceções.

A sensação de "descobrir" um som diferente ou outras músicas de um artista já conhecido por meio de um vinil ou CD era singular. E quem muito colaborou nesse processo foi a saudosa loja Doctor Disco.

A Doctor marcou época em Curitiba nos anos 1990 ao vender material contendo o som que rolava na noite curitibana, especialmente o Rock e a música dançante. Por lá, eram vendidos e encomendados discos raros da música europeia e afins de artistas presentes em uma das mais lendárias coletâneas em CD dos anos 1990: o Rock 'N' Roll Project. Aliás, a citada coletânea era vendida por lá. 

Abaixo, matéria de época citando a loja e o DJ Reverson Barbosa (proprietário). Clique na imagem para ampliar.


Eu passei pela Doctor algumas vezes. Comprei alguns exemplares do Project na sede da Rua do Rosário. Bons tempos.

Quem lembrou, comente.


24 de dezembro de 2019

TOP 10: ROCK AND ROLL PARA O NATAL (8)

Quem é vivo, sempre aparece.

E cá estou voltando a postar no Blog, trazendo o meu oitavo TOP 10 de faixas Rock para a sua noite de Natal. Afinal, de música ruim o bom velhinho já tá de saco cheio...

Para curtir as edições anteriores, clique AQUI, AQUI, AQUI, AQUI, AQUI, AQUI e AQUI.

E um Feliz Natal a todos os amigos, leitores e seguidores.












10 de novembro de 2019

10a FEIRA NACIONAL CURITIBA VINIL

Daqui a quatro semanas teremos a décima edição da maior feira de vinil de Curitiba: trata-se da já consolidada Feira Nacional Curitiba Vinil, que ocorrerá no próximo dia 07 de dezembro.


A Feira Nacional (organizada por Ronald Gel) alcançou rápido sucesso de público por buscar a excelência em aspectos primordiais:

- Seleção criteriosa de expositores/vendedores (+ de 30), oriundos de vários estados do Brasil;
- Espaço adequado, com comidas e sobremesas, além de dois estacionamentos ao lado;
- Ótimo mix de itens a venda (vinil, arte, bazar, camisetas de qualidade...);
- Atrações e promoções diferenciadas;
- Isso sem falar no chopp...



ATENÇÃO: esta será a última grande feira de discos da capital paranaense em 2019.

Compareça e garanta seu natal com boa música.

Serviço:
X Feira Nacional Curitiba Vinil
Data: 07 de Dezembro de 2019 (Sábado)
Local: A Travessa  - Rua 13 de Maio, 439/Rua São Francisco, 232 (ao lado da Praça Tiradentes)
Horário: das 09 às 18 horas
Página Oficial: link
Entrada Gratuita

Save Your "13°" For a Vinyl Fair Day ;)


22 de setembro de 2019

UMA RÁPIDA VIAGEM À 2010

Hoje pela manhã fui até a Charutaria (e Revistaria) Vitória, do meu amigo Edson, para comprar um jornal.

Sim, eu compro jornal de vez em quando.

Depois de bater um papo, resolvi dar uma olhada nas revistas, jornais e demais itens da banca. Afinal, eu já fui um cliente assíduo, colecionava algumas revistas de Rock, e não passava por lá há um bom tempo.

Foi quando encontrei algumas raridades, como revistas sobre música que praticamente não circulam mais por aqui. Dentre elas, um exemplar da revista Curitiba Underground de 2010 (edição 14), trazendo a banda MOTOROCKER na capa. 


Foi bacana e surreal ao mesmo tempo. Afinal, essa revista estava lá há nove anos (!). A entrevista com o vocalista Marcelus é muito rica e aborda o lançamento do disco Rock Na Veia.

O Edson até me deu um "desconto", pois não lembrava de ter o material disponível na banca.

Uma pequena volta no tempo nesta manhã de domingo.

6 de agosto de 2019

O ITEM DO KISS MAIS RARO DA HISTÓRIA

Atenção colecionadores de KISS de todo o planeta: duvido que algum de vocês tenha o exemplar da foto.

Roberto Karloss canta para a juventude: Flaming Youth?

Um tributo do rei ROBERTO KARLOSS à banda mais quente do planeta. Qual seria o tracklist?

Exclusividade do meu amigo DJ Gustavo Garcia (gusrecords).

#IssoAGloboNãoMostra


9a FEIRA NACIONAL CURITIBA VINIL

No próximo feriado nacional (07/09) teremos a nona edição da Feira Nacional Curitiba Vinil. Serão mais de 30 expositores de vários estados, trazendo dezenas de milhares de LPs, CDs, DVDs, fitas K7, compactos, camisetas temáticas, decoração, bazar e outros, nacionais e importados. Uma oportunidade ímpar de adquirir raridades musicais e afins, além de bater um bom papo.


Participei das sete primeiras edições desta feira como expositor e posso garantir: trata-se da maior e melhor feira de vinil do Paraná atualmente. Sempre com a organização impecável do mestre Ronald (da Confraria do Vinil). 

É daqui um mês. Dá tempo de guardar uns trocos e garantir seus bolachões. Prestigiem!


Serviço:
IX Feira Nacional Curitiba Vinil
Data: 07 de setembro de 2019 (Sábado)
Local: A Travessa  - Rua 13 de Maio, 439, Centro (ao lado da Praça Tiradentes)
Horário: das 09 às 18 horas
Página Oficial: link
Entrada Gratuita

Save Your Money For a Vinyl Fair Day!


FEIRA DE DISCOS DA BOCA #5

No próximo sábado (10) vai rolar a quinta edição da Feira de Discos da Boca Maldita. O evento, organizado pelos expositores Marcos (Joaquim Discos e Livros) e Horácio (Sonic Discos) terá uma alteração de sede com relação às edições anteriores: ao invés do Hotel Slaviero Slim, a feira será na Capela Santa Maria (Rua Conselheiro Laurindo, 273). Mais uma boa opção para adquirir discos de vinil.


Para maiores informações, acesse a página oficial do evento no Facebook clicando AQUI.


24 de junho de 2019

1a FEIRA DO VINIL TORK 'N ROLL

No próximo sábado (29) vai rolar a primeira edição da Feira do Vinil Tork 'N Roll, o mais novo espaço Rock da capital paranaense. O grande local é uma espécie de mini shopping para os roqueiros, com barbearia, tabacaria, praça de alimentação, música ao vivo e muito mais. A casa está trazendo vários bons shows para Curitiba desde sua abertura, incluindo IRA! e NAZARETH nos próximos meses.

A organização da nova feira de discos ficará por conta do grande DJ Marco Dusch, responsável por organizar as edições da saudosa Feira do Vinil do Canal da Música. Alías, o bom time de expositores vem de lá e promete material de primeira qualidade para os fanáticos pelos bolachões. A data terá, além dos discos de vinil, gastronomia, bandas de Rock ao vivo e muito mais.



Prestigiem. E uma ótima feira a todos!

Serviço:
1a Feira do Vinil Tork 'N Roll
Data: 29 de junho de 2019
Local: Tork 'N Roll - Av. Marechal Floriano Peixoto, 1695
Horário: das 10h às 17h
Página oficial: link
ENTRADA GRATUITA

Save Your Money For a Vinyl Fair Day!


26 de maio de 2019

8° FEIRA NACIONAL CURITIBA VINIL

Daqui a duas semanas teremos a oitava edição da principal feira de vinil de Curitiba: trata-se da Feira Nacional Curitiba Vinil, que ocorrerá no próximo dia 08 de junho.


A Feira Nacional (organizada por Ronald Gel) alcançou rápido sucesso de público por buscar a excelência em aspectos primordiais, como seleção adequada de expositores/vendedores, espaço adequado, ótimo mix de itens a venda, atrações e promoções diferenciadas. Isso sem falar na expertise dos mais de 30 expositores oriundos de vários estados do Brasil


Serviço:
VIII Feira Nacional Curitiba Vinil
Data: 08 de junho de 2019 (Sábado)
Local: A Travessa  - Rua 13 de Maio, 439, Centro (ao lado da Praça Tiradentes)
Horário: das 09 às 18 horas
Página Oficial: link
Entrada Gratuita

Save Your Money For a Vinyl Fair Day!


18 de maio de 2019

KISS: ANÚNCIO PROMOCIONAL DO LP KISS MY ASS (1994)



Esse promo é raridade: divulgação do álbum Kiss My Ass: Classic KISS Regrooved, lançado em 1994. Embora conste da discografia do KISS, trata-se de um tributo à banda. Ele trouxe nomes desconhecidos do grande público brasileiro até então, como THE LEMONHEADS, TOAD THE WET SPROCKET e DIE ARZTE, Mas também permitiu que nomes consagrados da música mundial dessem seu pitaco no tributo noventista, como LENNY KRAVITZ (na faixa que tem STEVIE WONDER nos vocais de fundo), ANTHRAX e EXTREME. Reza a lenda que outros grandes nomes como FAITH NO MORE e STONE TEMPLE PILOTS teriam participado da homenagem, não fosse a burocracia entre gravadoras ou coisa do tipo.

Essa foi a fase "pós Alive III" do KISS. A capa do disco traz uma tradicional família norte-americana à mesa, pintada com as máscaras dos integrantes da banda. Supostamente, as quatros máscaras deveriam representar a formação clássica da banda, mas, por questões legais, não foi utilizada a maquiagem do guitarrista ACE FREHLEY (repare no piá da capa). O jeito foi simular a "Ankh" do guitarrista VINNIE VINCENT, sucessor de ACE.

Outra curiosidade é que em alguns países o álbum foi lançado com a bandeira nacional local de fundo, ao invés da norte-americana. Obviamente aqui não rolou, embora eu pense que teria ficado muito legal.

Kiss My Ass foi o primeiro CD que comprei na vida. Foi na Loja Garcez (do Edifício Garcez, primeiro arranha-céu da capital paranaense). Pra quem não sabe ou não lembra, os CD eram muito caros na primeira metade dos anos 1990. Na época, foi uma "conquista" pra mim ter algo tão "high-tech" (risos). 

Meu primeiro contato com os Compact Disc havia ocorrido um tempo antes disso, quando uma prima me mostrou os CD Tourism (do ROXETTE) e Born in the USA (do BRUCE SPRINGSTEEN) que a irmã dela haviado mandado do japão, junto com um som portátil. A mudança instantânea de faixas e o fato de a bolachinha digital ficar presa à caixinha de acrílico, mesmo de ponta-cabeça, me impressionaram. Era o meu lado caipira perdendo a virgindade para a tecnologia...

Boas lembranças.


28 de abril de 2019

SLADE EM 2019: NOVO VOCALISTA E INTEGRANTE ORIGINAL EM RECUPERAÇÃO

O tempo passa para todo mundo. Essa frase serve também para os grandes nomes do Rock. No caso do nosso querido SLADE não é diferente. A banda começou 2019 na correria, mas, aos poucos, vai botando a casa em ordem. Além de uma nova alteração na formação da banda, um dos integrantes originais está se recuperando por questões de saúde.

Mal McNulty (esq.) deixou a banda. Don Powell (2o a esq.) segue cuidando da saúde.

NOVO VOCALISTA
O quarto vocalista na história do SLADE é RUSSELL KEEFE. Ele substitui MAL McNULTY neste ano. MAL estava na banda desde 2005 e já era pra ser substituído há um tempo, mas a banda vinha encontrando dificuldades nesta reposição. Antes de MAL, a banda teve os vocalistas STEVE WHALLEY  e o inigualável NODDY HOLDER.


RUSSELL não é conhecido por aqui e vem de um projeto de Blues chamado TBELLY, que não tem nada a ver com o SLADE. Confira o clipe da faixa "Tie It On My Face". Aliás, o vocal dele é muito bom, mas nem de longe segue o padrão dos frontman anteriores. Abaixo, a faixa "Coz I Luv You" já cantada pelo novo vocalista.


Seja bem vindo, RUSSELL!


BATERA EM RECUPERAÇÃO
O baterista DON POWELL vai recuperando sua saúde. Ele foi internado em dezembro e faria uma cirurgia. Ele vem sendo substituído pelo baterista do SWEET, BRUCE BISLAND. As bandas fizeram shows em parceria recentemente. Segundo comunicado da banda, BRUCE precisará voltar ao SWEET, e quem assumirá as baquetas do SLADE é ALEX BINES, que tocou originalmente no SOLID SENDERS, projeto de WILKO JOHNSON (ex-DR. FEELGOOD), além de permanecer mais de 30 anos na versão mais recente da banda RUBETTES.


DON é integrante original da banda e lançou sua biografia oficial em 2013 chamada Look Wot I Dune. Recentemente, além do SLADE, ele trabalhou no espetacular projeto QSP (com SUZI QUATRO e ANDY SCOTT do SWEET). Em seu site, anunciou um novo projeto paralelo chamado DON POWELL'S OCCASIONAL FLAMES. Aguardemos.

Desejo imediata recuperação ao lendário DON!


Nota: a maioria dos fãs das bandas em geral é um pouco resistente à mudanças em suas formações. Não fiz nenhuma pesquisa científica para concluir isso, mas aposto umas Heinekens que comprovaria isso fazendo perguntas a uma amostra básica de fãs. E o SLADE é um daqueles casos em que "se não é o vocalista original, não é mais a banda". Temos vários casos que se encaixam nessa linha de pensamento: FREDDIE MERCURY (QUEEN), JOHN FOGERTY (CREEDENCE), STEVE PERRY (JOURNEY)... Também sou um pouco assim. Mas tão certa quanto a frase que citei no início deste post - o tempo passa para todo mundo - é a frase "a vida continua". E não podemos simplesmente ignorar aqueles que seguem em seu árduo trabalho. Nunca será como antes, mas deve seguir. Afinal, caminha-se "para frente". Farei uma postagem sobre isso um dia.