28 de dezembro de 2013

KISS LANÇARÁ PSYCHO-CIRCUS EM VINIL PELA PRIMEIRA VEZ; OUTROS NOVE SERÃO RELANÇADOS

O KISS irá relançar alguns de seus álbuns clássicos em vinil no próximo mês de março. A notícia foi vinculada pelo site Ultimate Classic Rock. A loja virtual amazon.com já oferece inclusive a pré-venda dos long plays

A capa tridimensional do Psycho Circus em CD
Segundo a matéria, dez discos dos mascarados terão uma versão novinha em folha no primeiro trimestre de 2014 sendo que um deles estreará oficialmente no formato: o álbum Psycho-Circus (1998). O disco, que marcou a volta da formação original da banda, foi responsável por angariar novos fãs ao grupo. Por outro lado, teve um dos bastidores mais conturbados da história da banda com desentendimentos e ausências nas gravações. 

Os outros álbuns a serem relançados em vinil são KISS (1974), Hotter Than Hell (1974), Alive! (1975), Destroyer (1976), Dynasty (1979), Unmasked (1980), Lick It Up (1983), Animalize (1984) e Revenge (1992). Este último será bem-vindo, já que o LP nacional de época simplesmente desapareceu e as versões importadas são terrivelmente caras (nenhuma por menos de US$ 100 no eBay).

Versão em vinil do Psycho Circus vendida no eBay NÃO é oficial
De acordo com a publicação, parece curioso que bons discos como Dressed To Kill (1975), Love Gun (1977), Creatures of the Night (1982) e Carnival of Souls (1997) - outro que jamais saiu oficialmente em vinil - não estejam nos planos (pelo menos até o momento). Isso sem falar no Alive III (1993) - que chegou a ser lançado em vinil simples no Brasil - e no acústico Unplugged (1995).

Um possível motivo para esse relançamento de uma dezena de álbuns do KISS deve ser a indicação da banda para o Rock and Roll Hall of Fame, o mais famoso hall da fama dos roqueiros.


24 de dezembro de 2013

FELIZ NATAL

O Blog Roqueiro Curitibano deseja a todos um natal positivo. Boas festas, pessoal.




11 de dezembro de 2013

VELHOS PROGRAMAS DE RÁDIO: ARQUIVO DO ROCK

Quem tem mais de 30 anos e nunca curtiu Rock em um programa de rádio? Nos anos 1980 o Rock and Roll dançante era comum nas principais estações do dial. Mas somente na década seguinte é que foram criadas as estações destinadas aos roqueiros. Surgiram na sequência a Estação Primeira e a Alternativa, além da 96 Rock 91 Rock (agora na web) e a Mundo Livre FM.

Destas, algumas exibiram programas que marcaram época e ficaram na memória de muitos. Lembro-me de ouvir o Arquivo do Rock. Falando nele, resgatei dois blocos de um especial do KISS tocados pela Rádio Alternativa 106,5 FM entre 1993 e 1994 (há 20 anos...). Locução maravilhosa de Paulo Vaz.

Clique no play e sinta as teias saindo de sua cabeça.



Vou garimpar mais e ver se consigo material para fazer uma terceira postagem (a segunda está garantida... aguardem!).


3 de dezembro de 2013

DISCOS DE VINIL: EVENTOS QUE AFETAM OS PREÇOS

Se você é comprador de discos de vinil deve ter sentido que os preços ficaram mais "salgados" nos últimos dois anos. É notório um certo desconforto nas conversas de compradores em lojas, feiras periódicas e redes sociais na internet. Fatores como a oscilação do dólar, por exemplo, são compreensíveis quando o assunto é reajuste de preços. Porém, novos eventos também tem afetado as etiquetas nas capas dos Long Plays. Alguns colecionadores, inclusive, tem variado a forma de comprar seus bolachões a fim de evitar aquisições tão onerosas.


Resolvi então elencar seis fatores que contribuem atualmente para que este fenômeno mercadológico ocorra. Ei-los:

VARIAÇÃO CAMBIAL
Como já mencionado, o valor da moeda estrangeira afeta diretamente a compra de discos importados. Há menos de vinte meses, o dólar custava em torno de R$1,87. Há três, o valor chegou a R$2,45. Um vinil vendido no eBay, por exemplo, com custo total (incluindo o shipping) de US$ 27 sairia por R$ 50,49 em abril de 2012 e por R$ 66,15 em agosto deste ano. Uma diferença de quase 33%.

FATOR MERCADO LIVRE
Para alguns vendedores, a página em questão transformou-se em uma espécie de "Tabela FIPE" dos vinis. Não são raros os casos em que lojistas ou feirantes só definem o preço final de seus discos após uma vasculhada no citado website. E como muitos usuários do Mercado Livre querem lucrar rapidamente com seus itens, os preços pedidos por lá acabam virando uma referência absurda, além da realidade. Alguns colecionadores estão propondo o boicote àqueles que praticam essa forma de estipulação de preço.

Um título, vários exemplares e uma diferença de 100% nos preços

NOVA GERAÇÃO DE CONSUMIDORES
Se você pensa que todo e qualquer adolescente ouve músicas ruins no formato mp3 em seus eletrônicos portáteis está enganado. É cada vez mais fácil perceber uma "piazadinha" em lojas, sebos e feiras de discos comprando álbuns clássicos. Outros admiradores do bolachão, nem tão jovens assim, também estão começando a adquirir seus exemplares. Assim, a procura de uma nova geração de compradores por aqueles discos "obrigatórios" em qualquer coleção acaba contribuindo para o aumento dos preços. Lei da oferta e da procura.

NOTÍCIAS SOBRE "A VOLTA DO VINIL"
Reportagens sobre discos de vinil fazem pessoas não consumidoras desse produto acreditar que quaisquer tipos de LPs valem uma pequena fortuna. Quando isso é somado à inclusão digital, o resultado é um monte de discos manjados sendo vendidos na internet a um preço desproporcional. Esse evento também dificulta a compra de coleções particulares (raras ou não) por comerciantes e revendedores.

SAZONALIDADES
Eventualidades também podem comprometer a estabilidade dos preços, mesmo que momentaneamente. O que foi visto na internet quando da morte do cantor MICHAEL JACKSON em 2009, por exemplo, foi o suficiente para desacreditarmos da humanidade (risos). Exemplares do álbum Thriller em péssimo estado de conservação foram colocados a venda na rede por até R$ 4.000,00! Por outro lado, oportunistas chegaram a comprar o álbum triplo History, à época por cerca de R$ 90, e revendê-lo na internet por até R$ 300,00 comprovando que tais eventos afetam o comportamento de consumidores.

ENCARGOS (NOVAS TIRAGENS NACIONAIS)
Os novos discos de vinil fabricados e lançados pela Polysom sofrem com os impostos, que elevam em até 70 % o preço final. Mesmo os relançamentos acabam afetados, não concorrendo com as tiragens originais. Já circula na internet uma petição que pleiteia a isenção de impostos sobre os discos de vinil assim como já ocorre com os livros. Isso afetaria o material importado sem similar nacional. Já os lançamentos de músicos brasileiros serão beneficiados pela "PEC da música" que derrubará os impostos sobre CDs e discos de vinil. Porém a redução será discreta nos bolachões, já que o IPI (imposto sobre produtos industrializados) será zero apenas na Zona Franca de Manaus (a fábrica brasileira de vinil fica no Rio de Janeiro).


5 de novembro de 2013

SABADÃO TEM MANNY CHARLTON (E MOTOROCKER)



O guitarrista original do NAZARETH e a melhor banda de Rock do Brasil se apresentam neste sábado na antiga HELLOOCH. A entrada custa menos de R$ 40 e nem é preciso levar os chamados alimentos não perecíveis.

Para comprar seu ingresso CLIQUE AQUI.


1 de novembro de 2013

O ROCK NOS INCRÍVEIS OUTDOORS NORTE-AMERICANOS

Você já viu uma banda de Rock fazer publicidade através de um outdoor? Pode até parecer estranho, mas esse recurso já foi bem utilizado. Se hoje músicos e intérpretes alcançam milhões de fãs instantaneamente através das redes sociais saiba que nem sempre foi assim. 

Há algumas décadas, quando não tínhamos acesso a internet, tal divulgação era feita através do rádio e da TV. Mas foi em 1967 que os norte-americanos transformaram publicidade musical em arte quando um grande outdoor da banda THE DOORS foi colocado na Sunset Strip, trecho icônico da Sunset Boulevard (avenida de Los Angeles, Califórnia). A partir de então, enormes painéis exibindo estrelas do Rock começaram a colorir ainda mais a famosa avenida

Uma curiosidade sobre o THE DOORS: a banda de JIM MORRISON foi residente do famoso  Whisky a Go Go (clube localizado na Sunset Strip) até ser despedida pelos atrasos do vocalista e pela execução da faixa "The End". Foi, literalmente, o fim. 

Há cerca de um ano, o fotógrafo ROBERT LANDAU lançou o livro Rock 'N' Roll Billboards of the Sunset Strip contendo dezenas de imagens dos famosos outdoors que ele fotografou no decorrer dos anos. Confira abaixo alguns desses belíssimos painéis.




 

 







Enquanto isso, nas placas de publicidade brasileiras...




Pois é, se eu fosse lançar um livro com imagens dos painéis encontrados por aqui o chamaria de APOCALIPSE.


31 de outubro de 2013

FELIZ DIA DAS BRUXAS

Para não passar a data sem postagem resolvi desejar um feliz Dia das Bruxas a todos.
 
E se alguém pensar em comentar que esta é uma tradição norte-americana peço que pesquise bem. A origem do evento em questão é européia e tem motivos religiosos/espirituais. O que os marqueteiros do Tio Sam fizeram foi comercializar a idéia e inventar o Trick or Treat (gostosuras ou travessuras) este sim um costume que não tem nada a ver conosco.

A propósito, quando criança eu "comemorei" o Dia das Bruxas. Lembro que meu falecido tio e eu executamos naquela noite o ritual comandado por ele: colocamos toalhas brancas na cabeça, fomos até a frente da casa de minha avó, sentamos a beira da calçada e, observados por uma abóbora esburacada colocada na esquina da Frei Henrique de Coimbra com a Anne Frank, ficamos balbuciando "AUAUAUAUAUAUAUA..." ininterruptamente. 

Foi certamente uma das coisas mais idiotas que dois seres humanos poderiam ter feito...

27 de outubro de 2013

ROCK DE LUTO: LOU REED

A imprensa mundial divulgou neste domingo (27) a morte do compositor, guitarrista e vocalista LOU REED aos 71 anos. Embora a causa ainda não tenha sido determinada, sabe-se que ele havia recebido um fígado transplantado em maio deste ano.


Não há como sintetizar a obra de REED em poucas palavras, já que seu trabalho no VELVET UNDERGROUND é simplesmente idolatrado e sua carreira solo tem grandes sucessos. Também devem ser lembradas algumas de suas colaborações (em 1981, por exemplo, co-escreveu três faixas do álbum Music From The Elder do KISS) e participações (em 2011 gravou o disco Lulu com o METALLICA). Ao todo são mais de quarenta discos, incluindo coletâneas.

Abaixo, três faixas: "Vicious", "Venus in Furs" e "Walk on the Wild Side".


Descanse em paz, REED.


23 de outubro de 2013

ROCK DE LUTO: JOHN "GYPIE" MAYO

Faleceu hoje aos 62 anos o guitarrista JOHN MAYO. A causa da morte não foi divulgada. MAYO, que também era conhecido como GYPIE, foi guitarrista na banda DR. FEELGOOD entre os anos de 1977 e 1981. Recentemente, fez parte da formação de outro lendário grupo, THE YARDBIRDS, quando participou do disco Birdland de 2003.

A fase com Gypie (dir.) recebeu uma box de CDs e DVDs recentemente
GYPIE substituiu o icônico guitarrista WILKO JOHNSON no DR. FEELGOOD e gravou seis discos com a banda, sendo eles Be Seeing You (1977), Private Practice (1978), As It Happens (1979), Let It Roll (1979), On The Job (1979) e A Case Of Shakes (1981). Embora seja menos reverenciado que WILKO, participou do período de maior sucesso comercial do grupo, tendo co-escrito faixas como "She's a Windup" e "Milk and Alcohol".

Abaixo, duas faixas com GYPIE: a supracitada "Milk and Alcohol" e a ótima "No Mo Do Yakomo".



Descanse em paz, GYPIE.


13 de outubro de 2013

LENDAS DO EURO ROCK: LEFT SIDE

Hoje postarei sobre uma das bandas mais meteóricas e impactantes que tenho conhecimento, o LEFT SIDE.

A história desta banda holandesa começou em 1965 quando HARMEN VEERMAN (guitarra e vocal), JAN SCHILDER (baixo), COR VEERMAN (teclado e baixo), JAAP LAUTENSCHUTZ (guitarra e vocal) e JAAP KRAS (bateria) formaram o BEATBOYS na pequena cidade de Volendam, ao norte daquele país.

Beatboys: o embrião do Left Side
O grupo já tinha cerca de três anos quando o nome foi alterado para LEFT SIDE. Quem produziu o primeiro compacto "Confusion In My Mind/Feeling So Lonely And Blue" foi GABE DIRNE. A faixa principal logo fez sucesso e entrou no TOP 40 local. Mas apesar disso dois integrantes deixaram o grupo: JAAP LAUTENSCHUTZ deu lugar ao guitarrista STEEF REILINGH e COR VEERMAN (posteriormente conhecido como ALAN DECKER) foi substituído pelo tecladista DICK PLAT. O grupo seguiu gravando e lançou os compactos "Welcome To My House/This Little Village" e "I Can Give You Everything/Miss Lonely" em 1969. 

Ainda naquele ano o LEFT SIDE sofreu outras duas alterações em sua formação: EVERT VEERMAN substituiu STEEF REILINGH e JAAP SOMBROEK ocupou a bateria no lugar de JAAP KRAS. Alguns registros indicam que um guitarrista chamado BEN DE GROOT tocou provisoriamente na banda antes de EVERT. Os compactos "Johnny/Silly Girl" e "Woman In My Life/I  Need You" foram lançados em 1970. Em seguida a banda lançou "See You Crying/Feeling Allright". Estas duas faixas mostram uma sonoridade diferente, bem mais próxima daquela que o grupo apresentaria nos próximos anos. Divergências entre HARMEN e EVERT teriam ocorrido por questões autorais em "See You Crying".


Apesar dos vários singles lançados até então, a banda não havia alcançado maior notoriedade. Então assinaram com a Phonogram e conheceram o talentoso produtor PETER KOELEWIJN, que viria a compor e produzir quase todo o material da banda. Com EVERT-JAN REILINGH substituindo EVERT VEERMAN,  foi lançado "(Like a) Locomotion/Mama You Said the Right Words" em 1973.

O sucesso de "Locomotion" foi estrondoso. Além de alcançar rapidamente a 17ª posição na Holanda, estourou na Bélgica, França e Brasil (onde atingiu o primeiro lugar nas paradas). Alguns meses depois foi lançada a música que consagraria o LEFT SIDE, "Mamma Mia (Everytime I See Ye)". Em menos de um ano, o grupo fez três aparições no VAN OEKEL'S DISCOHOEK, icônico programa televisivo da Holanda que tinha a apresentação do comediante DOLF BROUWERS.


Os próximos singles ("I Want Ye and I Get Ye/Hello Goodbye Babe I See Ye") não tiveram tempo de repercutir como desejado, já que a rádio Veronica (lendária rádio offshore no país) foi tirada do ar. Em 1975, a banda lançou as faixas "Tessie (I Love You)" [posição 20 no TOP 40 local] e "Gimme Your Love". Naquele mesmo ano, PETER KOELEWIJN fez o grupo gravar "Clap Your Hands and Stamp Your Feet" (sucesso na voz da cantora BONNIE ST CLAIRE).

Em 1976 a Phonogram (Philips) lançou o LP (Like a) Locomotion com 14 faixas. Por reunir os principais sucesso da banda, esse disco foi relançado posteriormente com o título The Best of Left Side.

Harmen Veerman, Dick Plat, Klas Tuyp, Jan Schilder e Evert-Jan Reilingh
O single "Morning Sunrise" (que não aparece no LP) foi lançado naquele mesmo ano. Um suposto problema na mixagem desta faixa teria feito com que os compactos fossem recolhidos das lojas e substituídos por outros com uma versão diferente da música. Tal fato teria revoltado os integrantes e ocasionado o fim da banda. E seria mesmo. No dia 10 de dezembro de 1976, todos os músicos que fizeram parte do LEFT SIDE reuniram-se para um show de despedida em Volendam, onde tudo começou.

Apesar do fim precoce, o grupo voltou a ser lembrado nas décadas seguintes. Em 1988 uma boy band chamada BAM TO BAMBAM regravou a faixa "(Like a) Locomotion". Em 2004 um grande concerto na Holanda intitulado Concert van de Eeuw reuniu diversos artistas locais incluindo HARMEN VEERMAN. Ele apresentou as faixas "Tessie (I Love You)" e "(Like a) Locomotion" com JAAP SOMBROEK nas baquetas (assista abaixo). 



Imagem: 1core.nl
No ano de 2005 uma versão em CD do Long Play de 1976 foi lançado no Brasil pela MNF Music. Três anos depois (Like a) Locomotion foi lançado oficialmente em CD na Holanda com 18 faixas, incluindo alguns dos primeiros singles de menor sucesso comercial. O evento de lançamento (foto ao lado) contou com a presença dos ex-integrantes HARMEN VEERMAN, KLAS TUYP, JAAP SOMBROEK, JAN SCHILDER, DICK PLAT e EVERT-JAN REILINGH. Seria a última reunião oficial dos músicos.


12 de outubro de 2013

VOCÊ JÁ HAVIA VISTO UM SOLO EM UMA BATERIA FEITA COM GELO?

Um disco feito de gelo e que funciona eu já tinha visto. Até postei aqui no Blog.

Mas... um solo feito em uma bateria feita de gelo? A ideia rolou em um hotel de gelo que fica em Jukkasjärvi (Suécia) e o músico que entrou nessa fria foi ROBBAN ERIKSSON, ex-baterista da saudosa banda THE HELLACOPTERS. Aliás, se você acha que nos anos 1990 e 2000 não teve nenhuma banda com sonoridade própria confira o material dos caras, que vai desde um Hard Rock vigoroso até um Punk Rock doidão.

Os vídeos são velhos, mas só descobri hoje. O primeiro foca no solo de bateria em si, enquanto o segundo mostra o making of da loucura.




5 de outubro de 2013

REGRAVAÇÕES: QUANDO A SEGUNDA IMPRESSÃO É A QUE FICA

Quando estou ouvindo meus discos por vezes me pergunto: qual o segredo para que uma boa composição se torne uma grande música? Qual o processo para uma faixa alcançar o sucesso? Existe uma fórmula mágica usada por compositores e intérpretes? Penso que não. Afinal, quem está destinado ao sucesso o alcançará de uma forma ou de outra, seja compondo ou executando.

Mas, e quando aquele "big hit" é uma regravação, ou seja, quando a composição possui uma interpretação anterior?

Abaixo, uma lista de 10 músicas com suas versões originais e definitivas:

I Love Rock and Roll - THE ARROWS/JOAN JETT AND THE BLACKHEARTS
O simpático grupo britânico THE ARROWS fez sucesso na Europa nos anos 1970. Embora bem divulgada (incluindo apresentações na TV européia) a faixa em questão só explodiu mundialmente com a banda de JOAN JETT (ex-THE RUNAWAYS) em 1981, em seu disco de estreia. Desde então, a versão é considerada um hino do Rock.

Love Hurts - EVERLY BROTHERS/NAZARETH
Lançada em novembro de 1960, a versão original é suave e pode ser tocada tanto num bailinho quanto em uma sala de espera. Por outro lado, muitos roqueiros fogem da sua avassaladora regravação por terem a ouvido demais (culpa dos DJs?). Reza a lenda que a Rádio Caiobá FM executou a versão do NAZARETH em 618.327 oportunidades...

God Gave Rock and Roll to You - ARGENT/KISS
ROD ARGENT disse uma vez que o KISS fez "uma grande versão" da música. PAUL STANLEY fez um comentário engraçado sobre a original: "(...) se você prestar atenção na versão do Argent, não dá pra saber de que porra de coisas a música está falando. Ela fala sobre flores, árvores e cobras (...)". ROD e PAUL sabem das coisas.

Whitout You - BADFINGER/HARRY NILSSON
Para mim, o BADFINGER é um dos melhores grupos de todos os tempos. A versão original está no disco No Dice, considerado obrigatório por muitos. Mas a música em questão estourou com o iluminado HARRY NILSSON, que não pode reclamar da vida. Ele até gravou um LP com participações de JOHN LENNON, RINGO STAR e KEITH MOON.

Breaking All the Rules - PETER FRAMPTON/PETER FRAMPTON
Este é o caso em que o intérprete original regravou a própria música. Muitos não sabem, mas a faixa que estourou no Brasil nos comerciais do cigarro Hollywood tem uma versão anterior lançada em disco. Está no álbum Rise Up, LP lançado exclusivamente na América do Sul em 1980.

Fox on the Run - THE SWEET/THE SWEET
A primeira versão da música saiu na edição inglesa do álbum Desolation Boulevard em 1974, período em que o SWEET usufruía de sua parceria com os maiores compositores do Glam Rock britânico, NICK CHINN e MIKE CHAPMAN. Porém, a banda queria dar o próprio rumo às coisas e largou mão da dupla, regravando a versão definitiva faixa no ano seguinte.

2,000 Man - ROLLING STONES/KISS
Essa  música saiu em 1967 no disco Their Satanic Majesties Request, álbum que seria uma "resposta" dos STONES ao lançamento de Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band dos BEATLES. Mas, com todo o respeito aos deuses RICHARDS e JAGGER, a versão na guitarra e voz de ACE FREHLEY ficou 2.000 vezes melhor...

Since You Been Gone - RUSS BALLARD/RAINBOW
Mais uma faixa composta por RUSS BALLARD (esse cara é foda!). Qual a melhor? Tem como não escolher a versão de uma banda que teve simultaneamente integrantes como ROGER GLOVER, GRAHAM BONNET, RITCHIE BLACKMORE, DON AIREY e COZY POWELL?

Hush - BILLY JOE ROYAL/DEEP PURPLE
BILLY é um daqueles caras que poderiam figurar em coletâneas "sessentistas" juntamente com THE TROGGS e TOMMY JAMES AND THE SHONDELLS. A primeira versão do PURPLE tem ROD EVANS no vocal e não é muito diferente da original (saiu em 1968 no disco Shades of Deep Purple). Hã uma segunda versão do PURPLE (com IAN GILLAN nos anos 1980). Ela é mais Hard, mas não alcança a anterior.

We're Gonna Rock and Roll Tonight - WIZZARD/CHEAP TRICK
WIZZARD foi uma das bandas do multitalentoso ROY WOOD, ex-parceiro de JEFF LYNNE nas bandas THE MOVE e ELECTRIC LIGHT ORCHESTRA. O CHEAP TRICK, que foi muito influenciado pelo THE MOVE, regravou esta faixa em 1991 no disco Busted. Ficou um tesão.


24 de setembro de 2013

COM VOCAL COTADO PARA O NAZARETH, MOTOROCKER ABRIRÁ PARA MANNY CHARLTON E SUZI QUATRO

Se o vocalista MARCELUS DOS SANTOS e seus companheiros da banda MOTOROCKER já estão a todo vapor com agenda lotada e produção de disco novo, as coisas podem ficar um pouco mais movimentadas. 

Foto: André Smirnoff
Em entrevista à Rádio CBN Curitiba nesta terça-feira (24) MARCELUS confirmou que foi cotado para cantar na banda escocesa NAZARETH. Recentemente, o vocalista e co-fundador DAN McCAFFERTY afastou-se definitivamente por questões de saúde. Na semana passada (19) DAN postou uma mensagem no site oficial da banda onde pede apoio aos fãs na busca por um novo vocalista.

DAN McCAFFERTY: um legítimo malária escocês (Foto: Site Motorocker)
MOTOROCKER e NAZARETH se conhecem bem. Os curitibanos fizeram o show de abertura para os escoceses em 2009. Anteriormente, gravaram a faixa "Telegram" (ouça aqui) para o disco Ruby Nazareth Tribute, projeto do ex-guitarrista MANNY CHARLTON que também conta com participações de METALLICA e GUNS 'N' ROSES mas que foi engavetado por questões burocráticas.

Enquanto o disco-tributo não sai, MANNY e sua banda farão shows no Brasil. A informação está no site oficial do MOTOROCKER que, além de confirmar que abrirá para a MANNY CHARLTON BAND em três datas (incluindo Curitiba no dia 09 de novembro) cita a abertura de shows para a lendária cantora SUZI QUATRO em outras três (incluindo Curitiba no dia 10 de maio de 2014). Para quem não sabe, a rainha do Glam Rockhavia cancelado shows no Brasil há cerca de um ano.


22 de setembro de 2013

E O "MR. NICE GUY" DA SEMANA É... BRUCE SPRINGSTEEN!

No primeiro momento em que vi o comentário sobre BRUCE SPRINGSTEEN fazendo um cover de RAUL SEIXAS não acreditei e segui lendo as demais notícias da internet. Na verdade eu estava errado: o norte-americano fez um show fodástico de 3 horas na última quarta-feira (18) em São Paulo quando executou uma versão, digamos, latinizada de "Sociedade Alternativa", clássico absoluto do Rock brasileiro (veja o vídeo abaixo). Ontem, pelo ROCK IN RIO, ele repetiu a dose.

A homenagem a RAUL não foi a única para os fãs sulamericanos: ele gravou um clipe para a faixa "Solo Le Pido a Dios" conhecida na voz da antológica MERCEDES SOSA e executou no Chile (12) a faixa "Manifiesto" do compositor chileno VITOR JARA.

Enquanto esteve no Rio de Janeiro, o cantor esteve acessível pelos fãs. Passeou pela praia carioca, tirou fotos e teve fotos tiradas. No festival, chamou fãs para cantar "Dancing in the Dark" no palco, brincou muito com a plateia e esbanjou pique. Fez um show com 26 músicas. Se você gosta de ler colunas de jornal sobre apresentações musicais leia ESTA.

Olha o BRUCE aí, gente! (Foto: Delson Silva e Gabriel Reis/Ag. News)
BRUCE é uma fonte de energia ambulante. Tem sessenta e poucos anos e poderia ser avô de alguns dos leitores do Blog - e acredite, seu avô jamais será um roqueiro como ele. Já lançou uns trinta discos (incluindo coletâneas) e paga um pau pro Tio Sam hasteia a bandeira de seu país em suas músicas com todo bom estadunidense. Aliás, por lá ele é conhecido como "The Boss". E ele é.

Não tenho TV a cabo e por isso não pude assistir ao show de BRUCE ao vivo, mas fiquei sabendo que após a apresentação do cantor JOHN MAYER (o qual apresentou-se antes de SPRINGSTEEN) muita gente foi embora. A estes o meu recado: vocês compraram um bolo coberto com nata, mas levaram aquele com chantilly de pacotinho...


13 de setembro de 2013

ROQUEIRO CURITIBANO NO TOP BLOG 2013

O Roqueiro Curitibano está participando do prêmio nacional Top Blog pelo quarto ano consecutivo. Nas edições anteriores, o Blog ficou entre os 100 mais votados na categoria "Música". Isso só foi possível graças aos preciosos votos de leitores e seguidores.

Para esta edição do prêmio pretendo ficar "na média" e, por isso, peço gentilmente os votos de todos.

Para votar é rápido: clique no banner acima (ou clique AQUI), vá para a página de votação e escolha votar pelo Facebook ou e-mail. Pelo Facebook, basta votar, aceitar o aplicativo do Top Blog e confirmar. Por e-mail, é só votar e confirmar o voto na mensagem que você irá receber em sua caixa de entrada. É possível um mesmo usuário votar pelos dois formatos.
 
Agradeço muito a todos que puderem votar.


9 de setembro de 2013

SEGUNDO JORNAL, BLACK SABBATH NÃO VEM A CURITIBA POR FALTA DE LOCAL

Uma matéria do Jornal Gazeta do Povo traz as palavras de Fabio Neves (da Seven Entretenimento) e Helinho Pimentel (da DC SET). Segundo a publicação, o BLACK SABBATH - que estará no Brasil em outubro - não passará por Curitiba devido a problemas que envolvem os espaços físicos da capital. Além disso, o periódico confirma que grandes turnês musicais que visitaram o Brasil recentemente também não estiveram em nossa capital por questões logísticas.

Imagem: crossroads.com.br

Segundo Fabio Neves “Ofereceram o Black Sabbath para a gente no dia 16 de outubro, o dia seguinte ao Aerosmith”. Em seguida, ele completa “Mas não tinha lugar... o Expotrade já estava reservado para a montagem do Cirque du Soleil; dos estádios, o Couto Pereira era muito caro e a Vila Capanema não tinha a data disponível; e no BioParque também não dava. Sem a Pedreira, achamos melhor não fazer. Aí a Time 4 Fun resolveu levar o show para Belo Horizonte”.

Outros grandes shows que poderiam ter passado por Curitiba foram citados por Neves: “(...) eu lembro de Metallica, Guns N’ Roses, Red Hot Chili Peppers (...)”. Mas ele justifica: “Mas não deu para viabilizar. Curitiba é deficitária em espaços, a burocracia é grande e a resposta do público é uma incógnita. Mas tem potencial para retomar a relevância. Quando a Pedreira reabrir deve ficar mais fácil. A DC Set vai fazer uma estrutura bem bacana lá”.

PEDREIRA
Como é sabido a Pedreira Paulo Leminski continua interditada por uma Liminar da 4.ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba. Sobre isso, Helinho Pimentel disse ao jornal que “a empresa está tomando todas as providências para atender às exigências da prefeitura e do Ministério Público. Por enquanto, não há nenhum show contratado, nem qualquer perspectiva de data para a reabertura. Só vamos contratar quando estiver tudo liberado”.

PODE ROLAR AEROSMITH E WHITESNAKE
As duas principais atrações do segundo dia do Festival Monsters of Rock 2013 podem mesmo passar por aqui. Na matéria supracitada, Fabio Neves refere-se ao dia 16 de outubro como "o dia seguinte ao Aerosmith". O local seria o Bioparque (mesmo local do show do IRON MAIDEN). Porém, não há nada no site oficial dos caras até o momento.


6 de setembro de 2013

IRON MAIDEN E SLAYER EM CURITIBA. SABE ONDE?

No próximo dia 24 de setembro metade das atrações do último dia do ROCK IN RIO 2013 (Palco Mundo) estarão em nossa capital: o IRON MAIDEN se apresentará em Curitiba juntamente com SLAYER e GHOST. A data está confirmada no site oficial dos ingleses. O local também foi confirmado. E ao contrário do que podia se imaginar as apresentações não serão na Pedreira Paulo Leminski, mas no Bioparque. Conhece?

O Bioparque é um espaço destinado a vários tipos de eventos e fica na Avenida Senador Salgado Filho (sentido São José dos Pinhais). Recentemente, recebeu o festival Lupaluna 2012 e a última encenação curitibana da Paixão de Cristo. A expectativa dos roqueiros e metaleiros curitibanos era pela reinauguração da Pedreira com a apresentação da "Donzela de Ferro". Mas não vai ser desta vez que um grande show fará o (já saudoso) local ressuscitar.


29 de agosto de 2013

VOCALISTA DAN McCAFFERTY SE APOSENTA DO NAZARETH

O site oficial da banda escocesa NAZARETH anunciou ontem (28) a saída do carismático vocalista DAN McCAFFERTY.
Imagem: ClicRBS
De acordo com a nota, DAN possui uma doença pulmonar crônica e a mesma prejudicou show recente do grupo na Suíça, quando apenas três músicas foram executadas. No camarim, o frontman comunicou aos colegas que não poderia continuar por muito tempo.

DAN é uma das vozes mais características do Rock, uma lenda para mim. Só pelo fato de estar na ativa desde os anos 1960 já merece ganhar uma estátua em praça pública. Gravou mais de 20 discos, incluindo álbuns do NAZARETH e carreira solo. Já deixa saudades.

Abaixo, uma das músicas que mais simbolizam o vocalista e uma das faixas do meu TOP 10 pessoal.
 

Valeu, DAN!


24 de agosto de 2013

TOP 10: ROCK STARS E OS COMERCIAIS DE TV

Se tem uma coisa que pode difundir um produto ou serviço de maneira definitiva é um bom comercial de TV. Desde seu surgimento, a publicidade televisiva tem feito as pessoas consumirem até o que precisam (entendeu a piada?). Mas muitas vezes o que marca o público em um anúncio é o seu protagonista.

Nessa semana o site Ultimate Classic Rock postou um TOP5 de comerciais de televisão com roqueiros famosos. Então, inspirado nele, resolvi postar uma seleção de outros anúncios bem bacanas. Segue abaixo o meu modesto TOP10:

10º LUGAR: KISS (PEPSI)


O KISS é a banda mais marqueteira da galáxia. O problema é que ela só faz comerciais de seus bizarros produtos - ou quase. Aqui, os mascarados aparecem pagando um pau pro refrigerante Pepsi-Cola. Certamente muitos dirão que aí estão as duas piores coisas que existem.

9º LUGAR: PETER FRAMPTON (GEICO)


Nos anos 1970 ele poderia fazer inúmeros comerciais de shampoo. Hoje não. Nesse anúncio, a empresa norte-americana de seguros Geico coloca lado a lado uma pessoa real e uma celebridade. FRAMPTON fala através da famosa Talk Box.

8º LUGAR: PAUL McCARTNEY (JBL)


Sir McCARTNEY em anúncios de TV não é algo comum. Mesmo. Aqui ele faz uma aparição sofisticada em uma propaganda sofisticada de uma empresa sofisticada.

7º LUGAR: MOTORHEAD (KRONENBOURG 1664)


Esse comercial de cerveja apresenta um botecão das gringas e os caras do MOTORHEAD tocando uma versão Blues de "Ace of Spades". Alguém já bebeu esta cerveja??

6º LUGAR: SAMMY HAGAR (FOX)


Sou fã desse cara. Aqui, o ex-vocalista de MONTROSE e VAN HALEN gravou chamada para luta de boxe em canal de TV fazendo um trocadilho com sua faixa "There's Only Way to Rock".

5º LUGAR: DAN McCAFFERTY (MR. CRUM'S)


Não é todo dia que vemos uma lenda do Rock internacional fazer comercial em português. Depois de DAVID COVERDALE dizer "o sucesso" nos anos 1980 foi a vez do vocalista do NAZARETH pronunciar "batata chips". Palavrinhas caras?

4º LUGAR: ZZ TOP (JEREMIAH WEED)


Imagine-se entrando numa loja de conveniências para comprar uma cerveja. Daí você abre a geladeira e... bem, assista...

3º LUGAR: STATUS QUO (COLES)


A rede australiana de mercados COLES tem mais de 90 anos e resolveu colocar em seus comerciais uma banda de Rock quase contemporânea (lol). Ficou muito bom. E esse não foi o único clipe: são diversos comerciais com a banda.

2º LUGAR: MOTLEY CRUE (KIA)


Não dá pra fazer algo genial com uma banda como o MOTLEY CRUE. O que mais marcou a banda além das músicas e videoclipes com garotas, foi seu visual oitentista, coisa que o POISON também tinha. Mas esse comercial é sensacional.

1º LUGAR: OZZY OSBOURNE (SAMSUNG)


Se você conhece o jeito peculiar de falar do vocalista do BLACK SABBATH ou pelo menos já assistiu ao seriado THE OSBOURNES vai entender a piada.


Bom, agora vocês me dão licença que publicar esta postagem me deixou com fome... Acho que cerveja e batatinhas cairiam muito bem ;)


8 de agosto de 2013

ROCK DE LUTO: CORNELIUS LUCIFER

Faleceu no último dia 18 de julho o vocalista da lendária banda nacional MADE IN BRAZIL, CORNELIUS LUCIFER (Cornelio de Aguiar Neto). Embora a morte tenha ocorrido há cerca de vinte dias a divulgação ocorreu apenas ontem (07).

CORNELUIS foi vocalista do MADE em vários períodos, mas destacou-se quando da gravação do disco homônimo ao grupo em 1974, um album de Rock pesado e vigoroso que não talvez não tenha recebido o destaque merecido.

O MADE IN BRAZIL, que segue firme e forte, divulgou uma nota sobre o falecimento:

"Faleceu dia 18 d julho em São Paulo o grande vocalista Cornelio de Aguiar Neto ou Cornelius Lucifer (65 anos) de problemas respiratórios. Cornelius estava acertando sua participação nos shows comemorativos de 40 anos de lançamento do 1º disco do Made in Brazil ...Descanse em paz , nossos pêsames aos familiares , fãs e amigos".

Abaixo, dois clipes do MADE IN BRAZIL com CORNELIUS de uma apresentação datada de 1987.





Deus salva... o Rock alivia. Descanse em paz, CORNELIUS.


27 de julho de 2013

COMO CONECTAR SEU COMPUTADOR A UM APARELHO DE SOM

Antes de qualquer coisa eu gostaria de informar que a intenção deste post não é redescobrir a pólvora mas auxiliar a alguns dos caríssimos leitores.

Atualmente é muito comum que as pessoas mantenham uma lista de suas músicas prediletas em seus computadores, para que possam ouvi-las enquanto realizam uma tarefa offline ou navegam pela rede mundial de computadores. Também não é raro que alguns prefiram curtir seus playlists com um volume maior do que aquelas "caixinhas" plugadas oferecem.

Pois saibam que, de uma forma básica, você pode conectar seu computador (PC, Notebook, Mac ou coisa que os valham) a um aparelho de som tradicional (Receiver, Home Theater, 3 em 1, mesa de som ou coisa que os valham) e curtir o bom e velho Rock and Roll com muito mais intensidade. Para tanto você necessita conectar esses aparelhos. E aí entra em cena ele, um dos ícones da gambiarra moderna, o CABO RCA/P2.

Mais que tecnologia, isso é Gambiware

Esse cabo consiste em um conector P2 (plugue de 3,5mm - usado em fones de ouvido) em uma extremidade e dois (neste caso) conectores RCA (usados em aparelhos de DVD - conexão analógica) na outra extremidade. Esses cabos são encontrados facilmente em eletrônicas e até em supermercados. Algumas câmeras fotográficas digitais possuem esse tipo de cabo para conexão da mesma com a TV.

Primeiramente, o plugue P2 deverá ser conectado a saída de som do computador.

Parte traseira de um PC. No chão, junta mais pó que o paiol do seu avô


Em seguida, os conectores RCA devem ser ligados a entrada auxiliar (AUX) do aparelho de som.

Parte traseira de um... de um... WTF?!?

Após certificar-se que os cabos estão conectados corretamente e que os equipamentos estão funcionando em sua plenitude, coloque o aparelho de som na opção AUX (ou função equivalente). Então, execute uma de suas músicas (ou todas elas) através de seu player favorito. Depois ache o volume de seu agrado no computador e no aparelho de som, sem exagero para não danificá-los (por favor, não faça merda).

VANTAGENS: 
- Pode-se ouvir todas as músicas contidas em seu computador em alto e bom som;
- Pode-se ouvir faixas online (como as da coletânea ROCK 'N' ROLL MACHINE) e áudios do YouTube em alto e bom som;

DESVANTAGENS:
- Computador e aparelho de som deverão estar no mesmo ambiente.


Espero que alguém REALMENTE utilize essa dica. Tô me sentindo um daqueles carinhas que concluiu o curso de computação na "Escola Técnica Miguel Dolangue" ontem e criou um "brógue"... lol


18 de julho de 2013

SLADE E A ÁRDUA PROCURA POR UM NOVO VOCALISTA

A Classic Rock Magazine publicou hoje (18) uma matéria sobre o SLADE, uma de minhas bandas favoritas. Na publicação, o guitarrista DAVE HILL e o baterista DON POWELL - remanescentes da formação original - admitem que estão realizando uma série de audições com vários vocalistas em busca de um nome que substitua MAL McNULTY, atualmente na função.


MAL (a esquerda) vai deixar o grupo devido as condições de sua voz. Menos Mal (lol)
McNULTY é o terceiro integrante a liderar os vocais do grupo (ele substituiu STEVE WHALLEY em 2005) mas alegou que não sente-se mais em condições de oferecer o desempenho vocal necessário para liderar os microfones de um dos ícones do Glam Rock.

Embora encontrar um novo vocalista pareça uma tarefa simples, o caso do SLADE é um pouco diferente. Afinal, não é da noite para o dia que pode-se encontrar alguém com um padrão vocal semelhante ao do vocalista original, NODDY HOLDER

Um dos vocalistas que poderia preencher a vaga é DANNY DEVLIN, vocalista da banda tributo ALMOST SLAYED. Ele possui um vocal MUITO próximo ao de HOLDER, sendo inclusive considerado uma "cópia carbono" dele. Sobre a possibilidade, POWELL disse que "no papel parece ótimo, mas sua parceira está na banda e ele está na Austrália". A respeito das últimas audições o baterista afirmou: "Eu não fiquei impressionado com nenhum deles, estou com medo". DAVE HILL afirmou em maio que a procura é por alguém como BON SCOTT.

Alguém atualmente para a vaga original de NODDY HOLDER e tão bom quanto BON SCOTT? Desculpem, mas...


Para que vocês possam tirar suas próprias conclusões postarei abaixo quatro vídeos da clássica "Far Far Away" cantada, respectivamente, por NODDY HOLDER (o vocalista original), STEVE WHALLEY (o segundo vocal), MAL McNULTY (o terceiro e atual) e DANNY DEVLIN (o cover).