25 de fevereiro de 2010

PEDREIRA PAULO LEMINSKI, PARTE I

Em audiência realizada na tarde de ontem (24), a prefeitura apresentou proposta para a reabertura da Pedreira Paulo Leminski. E posso dizer que foi uma proposta indecente: Seis eventos durante o ano, com término as oito da noite. A proposta foi rejeitada pela Associação de Moradores do Abranches. E seria rejeitada até mesmo por produtores e pelo público. Afinal, para um show terminar as oito deverá começar lá pelas seis horas. Simplesmente ridículo.
 

Como não houve acordo, agora serão feitas perícias no local para determinar pontos como a capacidade. O movimento que luta pela "reabertura" da Pedreira está otimista, mas acredita que isso demore vários meses. Embora continue fechada para nossos tão esperados shows de Rock, a casa funcionará normalmente para eventos religiosos, como a encenação da Paixão de Cristo.
  
Depois tem gente que reclama quando chamam Curitiba de provinciana.


Nenhum comentário: