5 de fevereiro de 2010

SHOWS INESQUECÍVEIS: ERIC SINGER (EXPO KISS) - MOINHO SÃO ROQUE, CURITIBA 16/05/2003

O ano de 2003 trouxe uma grata surpresa para os fãs de KISS: O baterista ERIC SINGER anunciou sua vinda ao Brasil. As apresentações seriam nas cidades de Curitiba e Limeira (SP). Tratava-se de um evento chamado EXPO KISS, onde ERIC responderia perguntas e faria uma sessão de autógrafos. O encerramento ficaria por conta da banda DESTROYER KISS COVER, o maior tributo ao KISS do Brasil.


O currículo de ERIC SINGER é simplesmente absurdo, tendo tocado com LITA FORD, GARY MOORE, BLACK SABBATH, BADLANDS, GILBY CLARKE, PAUL STANLEY, BRIAN MAY, KISS e ALICE COOPER, além de outros projetos e participações especiais. No KISS, onde mais se destacou, gravou os álbuns Revenge, Alive III, MTV Unplugged, Carnival of Souls, Jigoku Retsuden e Sonic Boom, além dos vídeos X-Treme Close-Up, Kiss Konfidential, Kiss My Ass e MTV Unplugged.

Os portões do MOINHO SÃO ROQUE abriram depois das cinco da tarde. Cheguei cedo e percebi que a fila não era tão grande devido ao horário. Assim como outras pessoas, tive que sair mais cedo do serviço. Levei umas coisas para SINGER autografar e também consegui uma câmera fotográfica emprestada.  Procurei garantir um lugar próximo ao palco. Quando ERIC entrou para responder as perguntas dos fãs, peguei a câmera e me preparei: Quando bati a primeira foto o filme voltou; Estava cheio. Fiquei puto, pois me disseram que o filme era novo (risos).
  
ERIC SINGER respondeu educadamente todas as perguntas. Também não deixou de citar as mulheres brasileiras. Muitos fãs fizeram perguntas em inglês. Em um determinado momento, um cara com uma camiseta do ALICE COOPER (do disco From The Inside) fazia uma pergunta; ERIC elogiou a camiseta e comentou que se tratava de um grande disco de Rock; O cidadão simplesmente interrompeu ERIC para concluir seu inglês mal elaborado e nem se deu conta do comentário que o baterista havia feito.
  
Eric Singer e eu na sessão de autógrafos
 
Depois das perguntas, ERIC subiu para os camarotes da casa. Durante a sessão de autógrafos, o baterista foi atencioso e brincou com alguns garotos, “ameaçando” cortar os rabos de cavalo dos pequenos roqueiros. Troquei duas ou três palavras com SINGER pois o acesso era controlado e os organizadores tinham pressa. Peguei meus autógrafos, tirei minha foto e vazei.
 
Em seguida houve venda de material e, no palco, apresentação de três bandas. No encerramento, a banda DESTROYER KISS COVER tocou grandes clássicos do KISS. Durante a apresentação do grupo, foi a vez de ERIC SINGER aparecer e dar uma canja com a banda, para delírio dos fãs. 

Por questões pessoais, tive de sair antes do final do evento. Mas depois de conseguir os autógrafos e uma foto ao lado de um grande ídolo certamente minha missão estava cumprida. Posteriormente, duas redes de televisão fizeram boas matérias sobre os dois dias do evento.



EXPO KISS:
ERIC SINGER – Entrevista, Fotos, Autógrafos, Bateria e Voz.

DESTROYER KISS COVER:
FABIO STANLEY – Guitarra e Voz;
ANTONIO SIMMONS – Baixo e Voz;
RODRIGO FREHLEY – Guitarra;
LEO CRISS – Bateria.

Nenhum comentário: