26 de setembro de 2011

REVIEW: DIA DA JUVENTUDE - MOTOROCKER - 24/09/2011

O Dia da Juventude comemorado neste sábado (24) em Araucária foi bastante movimetado. Desde o início da tarde o local esteve movimentado com figuras de variadas tribos, predominando obviamente os "camisetas pretas". O palco foi montado ao lado das barracas de comidas, em frente à cancha de concreto. Alí, o pessoal desfilou de skate e de bicicleta. A maioria do público era a homenageada juventude, mas muitos pais e motoqueiros também marcaram presença.

A programação variada (incluíndo outras bandas) e o encerramento com o show do MOTOROCKER atraíram centenas de pessoas ao Parque Cachoeira. Aliás, a banda que faz o melhor Rock and Roll do país do samba tornou quase imperceptível o frio que chegou repentinamente. Os chegados na "mardita" tiveram que recorrer a estabelecimentos externos, já que no parque o consumo de bebidas alcoolicas foi proibido.
  
  
E os caras que mandaram o capeta pra dentro das cavas do Boqueirão entraram no palco com muita energia, abrindo com "Blues do Satanás" e "Igreja Universal do Reino do Rock", pra delírio da galera que se arrebentou na frente do palco sem um pingo de violência (se é que você me entende). O vocalista MARCELUS ressaltou e elogiou tal fato no decorrer da apresentação.

Outros clássicos vieram na sequência como "Rock na Veia", "Vamo Vamo" e "Bem Estar", esta tocada com uma dúzia de malucas que subiram ao palco pra dançar e depois foram pro mosh, tudo sem maldade e num clima extremamente positivo. Não faltaram os clássicos do AC/DC e MOTORHEAD, sempre solicitados pela incansável malária.
    
   
Enquanto o Rock rolava solto no palco, o gente fina RONIEL abria as portas do belíssimo ônibus da banda e apresentava o produtos a venda: CD's, camisetas e a nova Cerveja Motorocker (isso mesmo!) estavam disponíveis (Sobre a cerveja trarei mais informações em um novo post).
  
Foram mais de setenta minutos de MOTOROCKER e paz absoluta, provando que é possível se divertir e curtir muito Rock and Roll sem babaquice, violência ou coisa parecida.


Nenhum comentário: