4 de abril de 2019

SUNROAD: NOVO DISCO E BATE-PAPO COM FRED MIKA

Estará disponível neste mês o novo disco da banda goiana SUNROAD. O nome do álbum é Heatstrokes e será lançado oficialmente no dia 22.

Ah, peraí... você ainda não conhece o som dos caras??? Então se liga porque eu vou fazer o puta favor de lhe apresentar essa grande banda.

A SUINROAD tem mais de 20 anos de estrada. Surgiu em Goiás na década de 1990, fundada pelo baterista FRED MIKA e seu primo DANILLO VEE. O som dos caras migra do Hard N' Heavy para um Melodic Hard Rock de alta qualidade. As faixas trazem elementos que lembram o SCORPIONS da década de 1970 em alguns momentos, mas com uma identidade toda própria. 

Heatstrokes será o oitavo lançamento da banda.

Abaixo, capa do novo disco, teaser das faixas, lyric video, tracklist, discografia e o bate-papo que tive com o baterista, compositor e produtor FRED MIKA, que lançou em 2018 um excelente álbum solo (Withdrawal Symptoms) além de outras parcerias e projetos. Um legítimo soldado do Rock, que, além de tudo, também é fã (assim como eu) da banda canadense TRIUMPH \m/


01. Mind The Gap
02. Given And Taken
03. Screaming Ghosts
04. Lick My Lips
05. Empty Stage
06. Unleash Your Heat
07. Heatstrokes
08. Spellbound Age
09. Overwhelmed
10. Dare To Dream

Ouça trechos de todas as faixas AQUI e AQUI.


Discografia
Heat From The Road (1999) [independente]
Light UP The Sky –EP (2001) [Golden Music/relançamento independente em 2011 com faixa bônus]
Arena OF Aliens (2003) [Avantage Records]
Flying N´Floating (2006) [Avantage Records]
Long Gone (2009) [independente]
Carved In Time (2013) [MS Metal Records]
Wing Seven (2017) [MusiK Records/ Roxx Records]
Heatstrokes (2019) [MusiK Records/Roxx Records]


BATE-PAPO COM O BATERA FRED MIKA
Descobri o som da SUNROAD no programa MADE IN BRASIL (vai ao ar todas as quartas-feiras) da RST Radio Rock, do meu querido amigo RUBENS SILVIO. Aliás, o  formato do programa merece destaque, pois apresenta de forma relevante o som das bandas e ainda traz um integrante como convidado, o qual participa de um bate-papo totalmente democrático com os ouvintes do chat. 

Foi então que troquei figurinhas com o batera. Confiram abaixo o papo bacana com este grande roqueiro.

FRED MIKA (baterista), o terceiro da esquerda para a direita.
Bem resumidamente, quando, onde e como começou a SUNROAD?
SUNROAD foi fundado na cidade de Goiânia/GO em agosto de 1996 por mim,FRED MIKA (bateria e vocais de apoio), e pelo meu primo DANILLO VEE (guitarras e violões), para completar essa primeira formação original chamamos ainda o baixista J. MARCELLO e o vocalista LUIS JR. Mas, na época a banda se chamava ALIENS e ficou com esse nome por um ano e só tocando covers. Por volta da metade de 1997, decidimos rebatizar definitivamente para SUNROAD e mesmo investindo em som autoral, o SUNROAD ainda era uma mistura de Blues, Hard Rock, Classic Rock, Rock Progressivo etc., estávamos ainda procurando nossa identidade. O primeiro álbum, Heat From The Road (1999), que saiu de forma independente e com uma produção fraca devido aos poucos recursos investidos no estúdio. Naquele álbum pode se notar essa mistura sonora, difícil classificar o som da banda na época, apesar de já estarmos inclinando para o Hard N´ Heavy entre 1998/1999.

Eu estou certo em afirmar que Heatstrokes é o oitavo disco da banda?
É o oitavo da discografia mas temos que levar em conta um EP de 2001.

Heatstrokes estará disponível em breve. Para quem ainda não conhece o som da banda, podemos dizer que este novo álbum traz elementos contidos em todos os discos anteriores ou rompe com isso? 
Não necessariamente rompe, mas temos a idéia , cada vez mais de ir adentrando o Melodic Hard Rock, melodia é fundamental.

Fiquei sabendo da saída do vocalista da Sunroad, que inclusive participa do novo disco. O processo de substituição será acelerado ou vocês deixarão rolar?
Fizemos testes com alguns vocalistas, interessante é que o novo vocalista, WARLLEY OLIVER,  tem um timbre semelhante ao anterior e os shows para a divulgação de Heatstrokes serão a partir da segunda quinzena de abril.

Como as pessoas podem comprar os discos da SUNROAD?
Eles estarão disponíveis através da Die Hard Records (Galeria do Rock), e na rede de lojas Saraiva empalhadas por várias cidades do Brasil.

Quantas vezes você já ouviu falar que a Sunroad é uma banda de Rock/Hard/Metal em terra de duplas sertanejas (risos)?
Milhões, zilhôes, etc, hahah^, o que não deixa de ser verdade. Por aqui , Goiânia, estruturalmente, só rola sertanejo. Para dar certo a banda teve que procurar neu nicho para fora

Me parece que você tem inúmeros projetos além da SUNROAD. Comente brevemente sobre o que já rolou ou está em pauta.
A coisa não para, hehe, logo após o lançamento de WingSeven (2017) já comecei a elaboração de um álbum solo (que na verdade nem foi tão solo assim já que oex-vocalista/guitarrista do SUNROAD, ANDRÉ ADONIS, participou ativamente na composição de todas as faixas). Esse álbum foi lançado em meados de 2018 e dai já iniciamos a gravação do próximo álbum do SUNROAD, Heatstrokes que já está na fábrica. Em fevereiro gravei as bateras para uma faixa de um projeto de outro ex-integrante do SUNROAD, o ex-guitarrista RAFAEL MILHOMEM, e agora em março, fui chamado para gravar as bateras de um álbum inteiro da banda britânica DARK HEART. E ao mesmo tempo que iniciamos os ensaios para o SUNROAD cair na estrada para a divulgação de Heatstrokes.

Disco solo de FRED MIKA, disponível na Saraiva
É verdade que MARC STORACE (do KROKUS) quase participou de um dos seus projetos?
Quando estava elaborando as ideias para meu álbum solo, ainda ao final de 2017, comecei a sondar e depois a entrar em contato com vários vocalistas mundo afora e vários do Brasil também, um desses foi MARC STORACE mas ele estaria ocupado com a tour de despedida do KROKUS. Mas gravei com vários excelentes vocalistas como o alemão MICHAEL VOSS (MAD MAX, CASANOVA, M.S.G.), o francês STEPHHONDE (HOLLYWOOD MONSTERS), o canadense CARL DIXON (CONEY HATCH, GUESS WHO, APRIL WINE), além dos paulistanos DANIEL VARGAS (ADELLAIDE), TITO FALASCHI e MARIO PASTORE. Também tem o ROD MARENNA de Caxias do Sul e os conterrâneos ANDRÉ ADONIS (que inclusive interpretou a excelente regravação de “Miss Misery” do NAZARETH) [Ouçam!] e HAIG BERBERIAN.

Você tem planos de tocar em Curitiba? Já tocou por aqui?
Queremos tocar em todos os lugares possíveis, hehe, conheço Curitiba mas nunca apresentei com a banda ainda. Mas, como um novo booker que estamos, tenho certeza que em breve um show por ai será marcado.

Há algumas décadas, reclamávamos pela dificuldade em conseguir material de muitas bandas. Hoje , temos quase tudo na rede mundial (internet) mas por vezes não sabemos por onde começar.  Você acredita que blogs, vlogs e programas de webrádios devem cada vez mais “fazer a ponte” entre consumidores musicais e bandas?
Sim, mas por outro lado o público anda disperso, as informações são demasiadas e fica difícil filtrar, é a era do excesso midiático que também tem seu lado ruim.

Falando em rádio, você concorda que as rádios tradicionais não acabarão, mas sofrerão uma metamorfose em razão de fatores como a internet e a mudança de hábitos das pessoas?
Eu acredito em ciclos, cheio de altos e baixos e idas e vindas. Claro que algumas coisas se extinguem para sempre, outras são criadas, mas não é o caso das rádios, a essas cabe a ideia de adaptação, transformação.

Algumas pessoas opinam que num breve futuro não haverá mídias físicas das bandas (apenas o formato virtual oferecido pela internet). Você concorda?
Não acredito nisso, há muitos colecionadores puristas ainda, eu mesmo só um com mais de 3 mil títulos aqui, e nunca acessei um Spotify ou Deezer ou ITunes por exemplo. Apenas YouTube mas só porque tem os videoclipes.

Alguém te influenciou a tocar bateria ou foi paixão?
Por volta de 1983 eu comecei a aprender o básico de guitarra e violão mas logo larguei para entrar numa banda no ano seguinte, 1984, como vocalista. Era tudo ainda muito rudimentar, mas nessa época o pessoal ensaiava na garagem lá de casa aos finais de semana, geralmente aos sábados e buscava as coisas no domingo quando a gente ensaiava novamente. Entre um e outro ensaio eu comecei a praticar bateria e gostei. Na sequência já fui convidado para um grupo como baterista e não parei mais, heheh

Quais bandas mais influenciaram você?
Na época foram praticamente as que costumo escutar até hoje, mas ouvi muito, por volta de 1984 em diante, YES, LED ZEPPELIN, TRIUMPH, RUSH, VAN HALEN, DEEP PURPLE, SCORPIONS etc. Inclusive gostava muito do estilo de COZY POWELL (RAINBOW, YNGWIE MALMSTEEN e um monte de outros projetos).

Pra finalizar: sei que é difícil, mas cite APENAS cinco discos que você recomenda de acordo com o seu gosto musical.
Vou tentar, mas essa lista poderia se estender para pelo menos uns 500 discos, heheh. 
Triumph - Thunder Seven (1984)
Van Halen - Van Halen (I978)
Scorpions - Virgin Killer (1976)
M.S.G. - M.S.G (1978)
Nazareth - Hair Of The Dog (1975)


Nenhum comentário: